Publicado em 1 comentário

Somos todos únicos

Somos todos únicos e isso nos assemelha, porque na verdade todo homem e toda a mulher guardam dentro de si a mesma e única essência. O que nos torna diferentes uns dos outros é a capacidade de lidar com o nosso livre-arbítrio, isto é, a grata possibilidade de decidir e escolher em função da própria vontade.

O universo da pessoa portadora da deficiência intelectual

Somos todos únicos e isso nos assemelha, porque na verdade todo homem e toda a mulher guardam dentro de si a mesma e única essência. O que nos torna diferentes uns dos outros é a capacidade de lidar com o nosso livre-arbítrio, isto é, a grata possibilidade de decidir e escolher em função da própria vontade.

Neste primeiro post não há como fugir do tema principal, que certamente trata do universo da pessoa portadora de deficiência intelectual, desmistificando pensamentos e revelando um tanto de experiência.

História

A Apoie é uma organização não governamental e sem fins lucrativos, fundada em 1979 por um grupo de pais com filhos portadores de deficiência intelectual, moderada a leve.

Esse núcleo de pessoas buscava um caminho, que na época lhes parecia tão incerto para os seus filhos. Dessa forma se uniram, fundaram a instituição e com muito empenho, bem como esforço, a mantém até hoje.

Após mais de 40 anos de história, entra no século XXI com muitas vitórias e imensos desafios. Certamente provocações, que alimentam a vontade por vencê-las.

Sem esmorecer, a APOIE é um exemplo memorável de como a vontade, aliada a garra e a competência, levam qualquer iniciativa positiva ao sucesso.

Competências e limites

Eles têm potencialidades, inteligências múltiplas e surpreendem! São admiráveis tanto pela capacidade de produzir, bem como pelas atitudes diante da vida.

Assim como cada um de nós, a personalidade positiva se constrói por meio de uma boa educação. Formar um indivíduo exige dedicação, respeito, amor e, certamente limite.

Se limite é o pilar na construção de um ser social, lógico que isso vale para o grupo. Regras claras trazem diretrizes para se alcançar os objetivos planejados. Não poderia ser diferente na rotina da APOIE.

Diante de um tabuleiro e sem as regras do jogo é impossível continuar a ação. Este exemplo explica a importância da regra, tão necessária na organização de uma sociedade e para o progresso de cada indivíduo.

Eles se deparam com dificuldades em diversos campos cognitivos mas, em contrapartida, apresentam inúmeras facilidades em muitas práticas. Vale dizer que a APOIE é a grande vitrine das suas virtudes.

Importa ressaltar que, como todo mundo, cada membro desse grupo passa por todas as etapas do envelhecimento. Desta forma, não são eternas crianças, como muitos imaginam.

O portador de deficiência intelectual comete erros, acertos e tem todas as dualidades dentro de si. Afinal, não poderia ser diferente, não é mesmo?

O que recheia de graça a humanidade é justamente o fato de que o crescimento vem mediante o convívio

Somos todos únicos e isso nos assemelha, porque na verdade todo homem e toda a mulher guardam dentro de si a mesma e única essência. O que nos torna diferentes uns dos outros é a capacidade de lidar com o nosso livre-arbítrio, isto é, a grata possibilidade de decidir e escolher em função da própria vontade.

Troca

Toda experiência positiva e que é compartilhada, certamente traz um ganho para a sociedade. Que este seja um lugar de enriquecimento e troca, a fim de que todo mundo cresça junto.

Um comentário sobre “Somos todos únicos

  1. Bárbara esta iniciativa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *