Publicado em 2 comentários

Ser ou não ser, eis a questão mais atual

Ser ou não ser, eis a questão do momento.

Ser ou não ser, eis a questão das mais relevantes para quem deseja renovação, transformação dos costumes, das certezas e quiçá incertezas do presente.

Já que Páscoa é transformação, decerto que o novo necessita da crisálida para adquirir asas e voar. A existência é complexa e carrega histórias tão cheias de profundidade, que saber-se quem é tornou-se imperativo.

Sim, sabemos que é tempo de mudança, recolhimento e atenção. Estamos carentes de tanta coisa que de repente nem mais podemos enumerar.

Mas se a carência é mote comum, como transformar o novo com força, graça e luz sem o conhecimento profundo do velho que desejamos transformar?

“Ser ou não ser , eis a questão”, frase shakespeariana e que nos remete ao trágico papel de Hamlet, volta à mente porque sustenta a indagação sobre quem somos e para onde vamos.

Ser ou não ser – A filosofia bate à porta de todos nós

À primeira vista nos pareceu que uma pequena tempestade estava chegando e que rapidamente se dissiparia, não é mesmo?

Pois bem, não foi assim e agora precisamos nos aprumar para o remanejo de nossas embarcações.

Seja lá como for, o mar não tá pra peixe e emerge o sentido de recolhimento, de cuidado, zelo e profunda atenção, para consigo mesmo e para com o próximo.

Não obstante e mesmo que difícil, impera o senso comum de preservação. Preservar o eu, resguardar o nós.

Nós precisamos não apenas uns dos outros, como também da sinergia coletiva pelo bem comum e se a coesão é necessária, importa sabermos quem somos e o nosso papel na sociedade.

Nós precisamos de você, muitos precisam de nós. Eis a questão.

Deseja conhecer com maior profundidade o nosso longevo trabalho?

Acesse o link abaixo:

https://apoie.org.br/quem-somos-apoie/

Enfim, toda ajuda é bem-vinda e com ela daremos continuidade ao nosso trabalho junto à pessoa com deficiência intelectual.

Que usar o PIX? Nossa senha é apoie@apoie.org.br

Deseja fazer com cartão de débito, crédito ou transferência bancária?

Fácil! Faça sua doação pelo site no menu DOAÇÃO e conclua a operação da forma que preferir.

Agradecemos muito e assim que tudo voltar à normalidade, venha nos conhecer pessoalmente! Teremos imenso prazer em recebê-lo, (a)!

2 comentários sobre “Ser ou não ser, eis a questão mais atual

  1. Ser bom, solidário é uma questão premente!

    1. Verdade, Marisa e obrigada !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *